Sargento homossexual se desliga do exército

sargentogay O sargento do Exército Fernando de Alcântara Figueiredo, que assumiu um relacionamento homossexual com um colega de farda, foi desligado do Exército nesta sexta-feira. Figueiredo, que trabalhava no hospital da corporação, em Brasília, pediu a baixa.
O requerimento ocorreu na semana passada. O sargento passou por uma inspeção de saúde e o desligamento foi oficializado hoje, tornando Figueiredo um ex-militar.
Laci Marinho de Araújo, também sargento, e Figueiredo revelaram à revista “Época” que têm um relacionamento e foram depois ao programa “Superpop”, da RedeTV!, no dia 3 de junho(leia o post aqui). Figueiredo não responde a nenhum crime militar, mas já recebeu duas punições por viajar e aparecer na televisão com a farda inadequada. Antes de pedir baixa, o sargento ficou quatro dias detido (trabalhando normalmente, mas sem poder deixar o alojamento militar e ir para casa) e outros quatro dias na cadeia.
Movimentos de defesa dos direitos humanos consideraram as prisões retaliações aos dois sargentos. Araújo alega que não abandonou o trabalho e que tinha licença médica. O Exército nega perseguição aos dois por sua homossexualidade.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s