Após "apagão", internet esta normalizada em todo o estado de São Paulo

Serviços de internet normalizados em SP, diz Telefônica

conexão A pane na rede de banda larga da Telefônica afetou todos os provedores de acesso à internet do Estado de São Paulo, que dependem da infra-estrutura da operadora para prestar seus serviços. Em Ouroeste, a 588 km da capital, caminhões carregados de laranjas ficaram parados por falta da guia eletrônica para autorização do transporte da mercadoria.

“Desde as 23h de quarta-feira, a internet em Ouroeste está um vaga-lume. O sistema entra e logo cai”, afirmou o empresário Josué Dourado da Silva, dono do provedor Ciber Point, que tem 300 clientes na cidade.

O telefone do provedor ficou congestionado com as reclamações dos usuários. Segundo o empresário, até a auto-escola da cidade ficou parada, porque o sistema de identificação digital do Detran estava fora do ar.

A falta de informação sobre a causa da pane e de prognóstico para a volta à normalidade foi um fator a mais de estresse.

A pane gerou reflexos nos serviços de banda larga do provedor Speedy, conexões dedicadas (de alta velocidade, utilizadas principalmente por empresas) e outros tipos de acesso. Embora a empresa tenha informado que o problema atingiu, principalmente, clientes corporativos, houve queixas de clientes individuais sem a conexão ou com serviço precário.

caboderede Serviços essenciais a população, como retirada de documentos, realização de boletins de ocorrência e até bancários foram prejudicados. A parada na rede da Telefônica prejudicou os registros da polícia de São Paulo desde o começo da madrugada de ontem.

Devido ao problema, parte dos serviços do Poupatempo, como emissão de CNHs (Carteira Nacional de Habilitação) e documento de identidade (RG) também foram afetados. Entretanto, nas unidades Sé, Itaquera e Santo Amaro havia unidades móveis do Poupatempo em que esses documentos podem ser feitos.

A Telefônica informou nesta sexta-feira (4) que seus serviços de acesso à internet foram completamente normalizados por volta das 23h de ontem, em todo o Estado de São Paulo. A empresa diz que ainda pesquisa as causas do problema, classificado como “complexo e raro” e que permanece sem explicação.

Os clientes da Telefônica que sofreram prejuízos em razão da pane de internet apresentada no Estado de São Paulo podem pedir indenização na Justiça. O Procon notificou a empresa e pediu esclarecimentos sobre o fato, incluindo os motivos do problema, a solução encontrada e o ressarcimento dos internautas que ficaram sem o serviço.

O Procon afirma que a empresa deve fazer um abatimento nos valores cobrados dos clientes, em quantia proporcional ao período em que o serviço ficar indisponível.

Anúncios

Um comentário sobre “Após "apagão", internet esta normalizada em todo o estado de São Paulo

  1. Só se normalizou para vocês, porque aqui em Campinas continua capenga. Hoje, segunda-feira 7/7, o sistema continua sem autenticar. Ora dá um pequeno sinal, ora some completamente. Em média os navegadores ficam somente procurando, procurando, sem achar nada.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s