Alternativas medicinais

Hoje em dia cerca de 4 milhões de brasileiros procuram algum tipo de tratamento alternativo. A Medicina Alternativa virou um “cult”, e para você poder fazer uma avaliação, e não cair no modismo, veja abaixo o que realmente pode valer a pena no seu caso.

Apucultura

agulhas COMO FUNCIONA: Agulhas são inseridas ao longo dos "meridianos" (pontos do corpo ligados às partes doentes), aumentando células imunológicas, endorfinas que atuam contra dores e neurotransmissores que reduzem a pressão sangüínea.
O QUE VALE: Em estudo recente, homens com dor de cabeça que fizeram acupuntura reduziram em 50% esse quadro, em comparação aos que não se trataram assim. E pessoas com dor na lombar diminuíram em 19% os sintomas.
O QUE NÃO VALE: "A idéia é usar acupuntura junto com a medicina ocidental para melhorar o estado geral, o humor e a disposição psíquica", diz o acupunturista Norvan Leite.

Quiropraxia

img COMO FUNCIONA: Quiropatas afirmam que subluxações ou "ossos deslocados" na coluna irritam as terminações nervosas, causando dor crônica. É aplicada uma força rápida e controlada (ou ajuste) para realinhar a articulação.
O QUE VALE: Manipular a coluna pode diminuir a pressão sangüínea. Em pesquisa recente, homens que passaram por tratamento de oito semanas reduziram 14 pontos na pressão sangüínea sistólica e 8 na diastólica.
O QUE NÃO VALE: Pesquisadores dizem que a quiropraxia não cura alergias nem depressão. E, apesar de diminuir lombalgias, proporciona o mesmo alívio da fisioterapia, que é mais barata.

Massagem terapêutica

mass COMO FUNCIONA: Massagistas manipulam músculos para aumentar o fluxo sangüíneo e aliviar a dor e o estresse. A pressão nos tecidos com problemas bloqueia os sinais de dor enviados ao cérebro e libera o hormônio do bem-estar, a serotonina.
O QUE VALE: Estudos mostram que a massagem pode ajudar a tratar dores nas costas, prevenir enxaquecas, diminuir o estresse e a pressão sangüínea e até acelerar a cura. O estilo mais eficaz – e comum? A massagem sueca.
O QUE NÃO VALE: Ela não ajuda em casos de dores crônicas no pescoço nem acelera a recuperação depois do esporte. Procure um especialista confiável.

Fonte: Men’s Health

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s