Estilo Masculino: Você é quem manda no seu barbeiro

Não sofra em silêncio. Dê as ordens sobre seu cabelo ao barbeiro.

bn300022 Sem escovinha
“A máquina elétrica corta de acordo com um padrão e não vai além daquilo”, avisa Araújo, do salão Up Hair Design, em São Paulo. Resultado: cabelo escovinha. À primeira vista, o visual parece limpo, mas os cachos vão ficando desgovernados. “Com navalha ou tesoura, dá para fazer mais movimentos e o cabelo cresce melhor. Até 40 dias depois, parece que foi cortado há pouco tempo.”

Identifique gambiarras
Mesmo se o barbeiro agitar tesouras de 6 mil reais (elas existem!), confira se o cara dá apenas algumas tesouradas. Se responder sim, ele usa um atalho que faz sua cabeleira crescer desigual. Bons profissionais cortam de vários ângulos.

 Deixe o topo por último
Se o sujeito começa a cortar por cima, pule fora. “Assim, o barbeiro fica sem uma base”, explica Araújo. O melhor jeito de saber quanto se deve aparar é iniciar por trás e pelos lados, contornando a cabeça e terminando com o topo e a frente.

Tire o capacete
Corte ruim pode se transformar em cogumelo rapidamente, porque o cabelo cresce mais onde o alto da cabeça encontra os lados e vira para fora. Para evitar, corte bastante ali. “Desfiar com tesoura ou navalha também suaviza a região.”

Evite os cosméticos
Vá ao salão sem gel ou cera no cabelo. E certifique-se de que o profissional veja-o antes de lavá-lo.”Assim ele vai conhecer a estrutura e terá noção do corte depois de seco.”

Um comentário sobre “Estilo Masculino: Você é quem manda no seu barbeiro

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s